quinta-feira, novembro 2

Sonhos - Cap. I

I would like to talk about dreams but there is so much to say. The dream, the true one, contains inself, the happiness of everyone who is involved - there is no place to jealousy, painless, lies, hate... Because of that, we feel so much hapiness when we make a dream come true. We are called to realise our dreams. We can't live them alone, but only when we share them with someone elese, they find their meaning. So, this relation with the others, generate other dreams... So, dream by dream, someOne higher than us, is tracing our way through life.
If we are able to see with eyes of the dream we could be saints because we love this life, the others, so much.
Gostava de falar um pouco dos sonhos...
Mas poderia falar deles horas e horas que nunca seria capaz de dizer tudo o que queria e saberia. Não é que saiba grande coisa mas há tanto a dizer... Poderia apenas abordar uma ou outra perspectiva mas também estaria a privilegiar um ou outro aspecto que poderia nem ser tão importante...
Neste dia (que na verdade já é outro) também se fala de sonhos. Dos sonhos de milhões de pessoas que se tornaram realidade e que se tornam, hoje, agora, também uma realidade presente.
Algo de bonito que tem um sonho, um verdadeiro sonho, é o de implicar a felicidade de todos. Nos sonhos, os tais verdadeiros, não há lugar para invejas, ódios, injustiças, falsidades,... todo o sonho é sonho para quem se é envolvido por ele. Talvez seja por isso que se torna difícil seguir e concretizar um sonho... porque não somos capazes de envolver tudo e todos nesta áurea de felicidade que o sonho implica. Mas também por isso atingimos um nível de felicidade tão elevado quando o concretizamos em nós e nos outros.
Em cada dia somos 'chamados' a realizar o 'nosso' sonho. 'Chamados', porque na nossa natureza primaz, está escrita esta ligação ao bem comum e porque, em ligação com algo que nos transcende e que nos gerou do amor, sentimos uma necessidade de testemunhar essa felicidade partilhada. 'Nosso', porque esse sonho é um encontro de alegrias que é comum àqueles que são e se sentem envolvidos pelo sonho e por Aquele que nos predestinou a sonhar. Ninguém ri sozinho... Ninguém é feliz sozinho... Ninguém sonha sozinho... Só sonhamos na medida em que esse sonho puder ser concretizado, realizado, vivido pelos outros. E, assim como ninguém nos manda rir, também é em nós que está o desejo de viver e projectar os nossos sonhos. Na medida em que cada sonho se assume como verdadeiro, como genuíno e sincero, assim se estende a sua concretização a todos os que nele são envolvidos e se estende, também, aos outros a felicidade que ele nos traz a nós.
Todas, mas mesmo todas as pessoas são capazes de sonhar.
Os audazes que VIVem os seus sonhos chamam-se santos.

3 Comments:

Blogger caminante said...

"Soñad y os quedaréis cortos", decía un santo de nuestros días. Estoy de acuerdo con tu conclusión.
Un fortísimo abrazo.

02 novembro, 2006 22:30  
Blogger gota de chuva said...

Gostei muito...só a partir dessa perspectiva os sonhos fazem sentido, só assim são verdadeiramente bons...apesar de ouvirmos todos os dias falar de sonhos em sentido diferente, em sentido muito pobre.

Nessa perspectiva é que o sonho comanda a vida.
Obrigada por este texto (fico à espera dos próximos capítulos), enriqueceu-me imenso...já que estou farta de ouvir falar de outros sonhos que não têm significado ou importância para mim, nos quais não me consigo identificar. O sentido que este texto dá aos sonhos, sim...assim vale a pena, assim é possível ter mais força para os manter como guias.
Bonita a forma de ligares os Santos aos sonhos. Excelente a mensagem.
Sonhos fraternos, sonhos à escala do Amor.

02 novembro, 2006 23:30  
Blogger emlino said...

A vida é mesmo um sonho... e cabe a cada um torná-lo realidade.
Um abraço grande Caminante :)


Sonhar pode passar por muita coisa. Acho que qualquer sonho e tipo de sonho pode ser bonito. É preciso é que esteja carregado de um verdadeiro e sincero querer. Não é mais valioso o sonho de alguém que quer construir uma família e ter 2 rapazes e 2 raparigas de um outro de um menina que quer ter uma boneca. O primeiro não será certamente mais importante, se o que está detrás dele é fazer inveja à vizinha que só pôde ter 2, do que o daquela menina que apenas tem uma boneca já esfarrapada para brincar... Só os sonhos que vem do nosso interior são os que nos guiam; não os que estão colados nos olhos ;) Temos de sonhar com amor próprio e aos outros. ;)

10 novembro, 2006 17:43  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home