segunda-feira, agosto 7

foi como foi


Sometimes, we have to format our disk and reinstall our brainware all over again. We have to be prepared to follow on and check if our 'lifeware' is prepared to respond positively to the tasks to come. They are confusing and dismantling times but it worth the effort to get a well arranged life... to us and the to the others around.
Um pouco de regresso a alguma serenidade física e psicológica... É bom estar de volta! :)

De vez em quando temos necessidade de formatar o disco e reinstalar tudo de novo.
É um pouco como me sinto. Como se tivesse de apagar tudo e recomeçar.
"O que foi não volta a ser, mesmo que muito se queira" e temos de saber e aprender a lidar com o crescimento, com a evolução, com um caminho que se percorre mas que não sentido inverso para se voltar a atrás. Temos de saber apagar o que ficou e é para ficar; saber como reorganizar a nossa vida, escolher o 'lifeware' que funciona e serve melhor o nosso Projecto de Vida.
Não nos podemos esquivar de renovar a vida ainda que muito isso nos custe. Não nos podemos esquivar de meditar, de renovar a fonte que nos codifica o ser e nos torna livres de correr, de interagir, de saltar...
São tempos confusos de arrumação, mas tornam a nossa vida mais bela, mais arrumada, mais livre, mais saudável... para nós e para os outros...
"Nao há volta sem partir o que foi nao volta a ser"... Mas fica a esperança de uma continuidade, de uma linha de sentido que nos atravessa em toda a nossa altura, em toda a nossa profundidade e que nos reVIVivfica em cada momento.

"O que foi não volta a ser", Xutos & Pontapés

3 Comments:

Blogger PanteraÁgil said...

sem palavras.... melhor era difícil :D

07 agosto, 2006 20:32  
Blogger gota de chuva said...

Acima de tudo, independentemente de a nossa vida mudar e isso poder nos causar insegurança, receio ou incerteza...acima de tudo somos sempre nós.
E seja como for, vai ser bem.

09 agosto, 2006 01:58  
Blogger emlino said...

Ya. Só mudando, só partindo, podemos descobrir o tanto, o + que temos à frente e valorizar por vezes o que ficou para eliminar as incertezas e inseguranças do caminho... não só continuamos a ser sempre nós, como nos descobrimos mais profundamente. :)

09 agosto, 2006 11:06  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home