terça-feira, janeiro 31

Passo a passo

A par e passo passo neste espaço

abrindo a largos golpes largos espaços

e passas nos meus passos passo a passo

repassas em abraços os meus braços.

A peso peso os passos quando piso

os traços com que traço e já trespasso

o passeio nos lenços que desfaço

em lassos laços quando passas

como um punhas perdido em plena praça

A todos e a cada um dos meus amigos


Joaquim Pessoa

1 Comments:

Anonymous Joao said...

a passo e passo observo a vida, com tantas repetições e sempre com um sabor diferente. de te ver despertas em mim uma sensação diferente, a sensaçao de estar vivo. E cada um dos meus amigos nunca fica indiferente a esta nova... vida?

12 fevereiro, 2006 13:19  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home